Policial Militar que trabalhava em Itacaré morre vítima de leucemia aos 43 anos

O Cabo da Policial Militar da Bahia, Genivaldo Assis dos Santos, de 43 anos, que servia na 72ª Companhia Independente de Polícia Militar, em Itacaré, faleceu na manhã desta terça-feira (20), vítima de uma leucemia fulminante. Assis lutava contra a doença há alguns meses e ficou um período no Hospital de Ilhéus, sendo transferido para uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em Salvador, e há algum tempo teria retornado para Ilhéus, onde ficou no Hospital São José.

Assis era da turma de 97, do então 2º BPM/Ilhéus. O corpo está sendo velado na Funerária o Samuel, na Rua do Café, CAF, centro de Ilhéus. O sepultamento está marcado para às 08:00hr da manhã desta quarta-feira, no cemitério Nelson Costa. 

Assis prestou serviço em Porto Seguro, Eunápolis, Ilhéus e Ipiaú. E na 72ª CIPM, trabalhou em Itacaré Taboquinhas, Barra Grande, Caubi, Maraú, Uruçuca e Serra Grande. 

“A Polícia Militar da Bahia, através do Comandante da  72ª CIPM/Itacaré, Major Hosannah, está em momento de luto pela perda de um jovem policial militar, que prestou relevantes serviços a corporação”.

Informações exclusivas do Site Itacaré Informa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *