Everaldo critica condenação de Lula e ataca Moro: ‘Perdeu credibilidade por ser parcial’

O presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, criticou nesta quarta-feira (12) a decisão do juiz federal Sérgio Moro, que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. De acordo com o dirigente petista, a decisão já era esperada, porque a sentença faz parte da “estratégia” de Moro de “perseguição ao PT e Lula”. “O juiz não se posta como alguém que preserva que as instituições. Ele é capaz de liberar a mulher de Cunha, se mostra tão flexível com coisas comprometidas, mas é capaz de condenar um ex-presidente com base em delação sem provas”, criticou, em entrevista ao Bahia Notícias. Ainda segundo Everaldo,  não há receio de que o petista seja impedido de concorrer à Presidência da República nas eleições em 2018, porque o juiz “perdeu a credibilidade nacional”. “Nós vamos recorrer. Vamos usar toda a parte legal de recursos cabíveis. Moro perdeu a credibilidade por ser um juiz parcial”, bradou. O presidente do PT baiano informou também que haverá uma reunião a partir das 16h desta quarta, na sede do partido, com lideranças e parlamentares das bancadas federal e estadual da sigla, para discutir atos contra a decisão. Além disso, a militância petista será convocada para se manifestar contra a decisão de Moro. “Vamos convocar a militância, pois esses absurdos não podem continuar assim. Não se pode condenar um ex-presidente sem provas concretas”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *