Taxa de cobrança na Tiririca: prefeito autoriza abertura de processo administrativo e devolução do dinheiro arrecadado

O prefeito Antonio de Anízio (PT), que está em Salvador no Movimento Pró-município da UPB, se manifestou no whatsapp quanto a cobrança de taxas para que veículos tenham acesso a Praia da Tiririca. Antonio autorizou que o juridico da prefeitura faça a abertura de um processo administrativo ainda nesta sexta-feira, dia 27, para apurar qual foi a empresa que causou esse prejuízo. O prefeito ainda disse que quem cobrou deverá devolver o dinheiro de quem pagou, inclusive, autorizou o Comandante da 72° CIPM, Major Hosannah, que prenda quem estiver cobrando.

E para barrar de vez essa atitude inadimissível, a Promotora de Justiça de Itacaré esteve no local nesta tarde e fez com que os que estavam presentes parassem de cobrar e abrissem a rua, garantindo o direito de ir e vir.

Antonio de Anízio aproveitou a oportunidade para dizer que o Governo do Estado corrigiu o valor do patrocínio no Diário Oficial de R$ 450.000 para R$ 250.000. O mesmo valor liberado nos Mundiais de 2014 e 2015. E salientou que este recurso não é para a prefeitura, mas para a produtora do evento, que é a MVU. O mesmo declarou que o evento tem um custo de aproximadamente R$ 800.000, sendo que a prefeitura entra com um aporte de R$ 500.000 e com apoio de alguns parceiros. Tudo isto para Itacaré estar de volta ao Circuito Mundial.

Confira na íntegra o que o prefeito disse:

“BOA NOITE A TODAS E A TODOS. TERMINOU HÁ INSTANTES O EVENTO DOS PREFEITOS. POR SINAL O MAIOR EVENTO REALIZADO PELA UPB NA BAHIA. VI A INDIGNAÇÃO DA POPULAÇÃO SOBRE ESTA COBRANÇA DE TAXAS DE ESTACIONAMENTO E TEM RAZÃO. NÃO AUTORIZEI E NEM LICITEI PARA NENHUMA EMPRESA FAZER ISTO. DIGO MAIS QUEM FEZ VAI TER QUE DEVOLVER O DINHEIRO DE QUEM PAGOU E AUTORIZEI O COMANDANTE MAJOR HOSANAH PRENDER QUEM ESTIVER COBRANDO. INFORMO TAMBEM QUE FOI PUBLICADO NO DIARIO OFICIAL DO ESTADO ONTEM UMA CORREÇÃO NOS VALORES DE PATROCINIO, O QUE FOI LIBERADO SÃO 250.000,00 E NÃO 450.000. É O MESMO VALOR QUE FOI LIBERADO NOS MUNDIAIS DE 2014 E 2015. ESTE RECURSO NÃO É PARA PREFEITURA, MAS PARA A PRODUTORA DO EVENTO QUE É A MVU. FOI UMA LUTA MUITO GRANDE, UM ESFORÇO GIGANTE PARA CONQUISTAR A CONFIANÇA DO WSL E TRAZER O MUNDIAL DE VOLTA PARA NOSSA ITACARÉ. NÃO PODEMOS PERDER NOVAMENTE. AMANHÃ O NOSSO JURÍDICO VAI ABRIR UM PROCESSO ADMINISTRATIVO PARA APURAR QUAL FOI A EMPRESA RESPONSÁVEL. ENQUADRAR OS RESPONSÁVEIS. QUERO DIZER TAMBEM QUE ESTE EVENTO O CUSTO DELE É APROXIMADAMENTE 800.000,00. ALGUNS PARCEIROS ESTÃO AJUDANDO MAS A PREFEITURA ESTÁ ENTRANDO COM UM APORTE DE 500.000,00. ESTAMOS FAZENDO ISTO PARA ITACARÉ ESTÁ DE VOLTA AO CIRCUITO MUNDIAL. E PESSAMOS AO NOSSO GRANDE DEUS QUE TENHAMOS O MELHOR MUNDIAL DE TODOS OS TEMPOS. AVANTE ITACARÉ”, declarou o prefeito Antonio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *