Sistema de Informação e Gestão Policial chega nas Delegacias de Maraú e Barra Grande

O novo sistema  foImplantado pela Secretaria da Segurança Pública, através da Superintendência de Gestão Tecnológica e Organizacional (SGTO), a ação integra a política de modernização das unidades de segurança no estado.

Os Policiais Civis do município de Maraú contam agora, com o Sistema de Informação e Gestão Integrada Policial (Sigip), ferramenta que agiliza e facilita o trabalho policial. O novo sistema  foi Implantado pela Secretaria da Segurança Pública, através da Superintendência de Gestão Tecnológica e Organizacional (SGTO), a ação integra a política de modernização das unidades de segurança no estado.

O novo sistema seria apenas instalado no Disep, em Maraú, mas com a parceria da APEMA (Associação dos Amigos da Península de Maraú) e da Prefeitura de Maraú, o programa também foi instalado no posto policial de Barra Grande. “Ele facilita o trabalho do policial, pois é um sistema integrado, então a checagem de informações de um suspeito, por exemplo, pode ser feita rapidamente. As unidades com esse sistema já podem saber a um clique se uma pessoa já foi presa em outra cidade, conduzida pela Polícia Militar ou se está apresentando alguma informação falsa”, explicou a investigadora da polícia civil, Julimarcia.

A ferramenta também permite a realização de consultas, realização ocorrências, acessar antecedentes criminais, dentre outras atividades, facilitando assim a ação investigativa.  A iniciativa faz parte do plano de informatização das unidades policiais, que também abrange as polícias Militar e Técnica, e permite a catalogação mais rápida das estatísticas policiais.

Delegado Marcos Larocca

O Delegado de Maraú, Dr Marcos Larocca reforça a importância de transformar o posto da polícia civil de Barra Grande, em uma unidade policial independente da sede. “O posto policial de Barra Grande deveria se tonar uma unidade independente do Disep de Maraú, devido a grande demanda de ocorrências que são registradas todos os dias. A própria Secretaria de Segurança pública, tem conhecimento da alta demanda que o posto de Barra Grande tem em relação ao Disep, em Maraú.” comenta o delegado.

De acordo com a polícia civil, 80% dos registros policiais são do posto de Barra Grande, reforçando ainda mais a importância de transformar o posto em uma unidade independente. Segundo os policiais, para esta mudança é necessário  uma mobilização da comunidade e dos represantantes políticos do município.

Site: Barra Grande News