Diante de filiação de Bolsonaro, deputado Marcelo Nilo confirma saída do PSL

O deputado estadual Marcelo Nilo confirmou nesta sexta-feira (05), que vai deixar o PSL depois da filiação do deputado federal Jair Bolsonaro ao partido. Segundo o ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), a chegada do novo integrante à sigla apenas consolida seu processo de saída. “Na segunda-feira comunico à direção do PSL a minha saída”, disse Nilo.

“Temos pensamentos políticos completamente diferentes, visão de de vida completamente diferente”, justificou o parlamentar baiano. Nilo já estava em negociações avançadas para deixar o partido mesmo antes da filiação de Bolsonaro. Ainda nesta sexta ele teve uma reunião com Lídice da Mata (PSB) e afirmou que a chance de ingressar no partido da senadora passou de 90% para 99% (veja mais). Aquele 1% que faltava foi a filiação de Bolsonaro. 

A chegada do deputado federal ao PSL foi confirmada nesta sexta-feira (05). Uma nota conjunta assinada pelo deputado e pelo presidente nacional do partido, Luciano Bivar, afirma que Bolsonaro passa a ser o pré-candidato do PSL à Presidência da República. O líder da bancada de oposição na Câmara de Vereadores, José Trindade, também já declarou que deve deixar o PSL com a entrada de Bolsonaro (veja mais).