Itacaré apresenta em videoconferência Plano Municipal de Saneamento Básico

O município de Itacaré deu mais um importante passo para garantir mais qualidade de vida e saneamento básico para os moradores. A Ecovale, empresa de consultoria contratada pela Prefeitura de Itacaré, realizou na tarde desta quarta-feira, uma videoconferência para apresentação do Plano Municipal de Saneamento do município, discutido amplamente com os mais diversos segmentos organizados e comunidades de Itacaré, suma iniciativa das secretarias de Desenvolvimento Urbano e Ambiente. O documento será enviado ainda este mês para a Câmara de Vereadores juntamente com a minuta da Lei, estabelecendo as normas e diretrizes legais do saneamento em Itacaré.

Para o prefeito Antônio de Anízio, a realização do Plano significa um marco muito importante da sua gestão que, juntamente com o legislativo municipal não mede esforços para buscar as soluções mais viáveis para as demandas socioambientais, em especial aquelas que tratam do saneamento. “Tenho certeza de que, após a aprovação teremos um instrumento fundamental para a captação de recursos nessa área e para garantir mais qualidade de vida para todos”, complementou o prefeito.

A videoconferência teve a participação de membros locais do Comitê do Plano de Saneamento e do Conselho Municipal de Políticas Integradas de Itacaré – COMPAI, secretários municipais e do vereador Diego Augusto, representando o Poder Legislativo. O secretário de Meio Ambiente, Marcos Luedy, garantiu que fará o possível para agilizar os procedimentos finais para a aprovação do Plano. “Ainda temos alguns procedimentos legais e burocráticos para atender, contudo esperamos fazer isso com prioridade”, afirmou.

A explanação do Plano ficou à cargo do consultor da Ecovale, Leandro Santos Leal. O arquiteto e ex-secretário de Desenvolvimento Urbano, Ademar Sá, fez um breve relato, na videoconferência, do histórico do Plano em Itacaré. “Tivemos muitas dificuldades em dar andamento, pois este projeto passou por várias empresas sem sucesso até que, finalmente, encontramos a Ecovale que conseguiu finalizar o Plano Municipal de Saneamento”, explicou Ademar Sá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *